Choose the criteria of research through the menu below and click on "Search".

Andréa Lúcia Mendes

Conheça um pouco mais sobre , cidade onde o estabelecimento se encontra:
Araçatuba é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo. Localiza-se no noroeste do Estado de São Paulo, a uma latitude 21º 12'32" sul e a uma longitude 50º 25'58" oeste, estando a 390 m acima do nível do mar. Sua população estimada é de 195.874 habitantes. É a sede da nona região administrativa do estado de São Paulo. Em 2019 tornou-se um Município de Interesse Turístico. Seu nascimento remonta à expansão cafeeira e na passagem para o atual século sua economia era caracterizada pelo crescimento das lavouras de cana-de-açúcar. Este quadro inclui também a pecuária, atividade que a tornou conhecida no país como Capital do Boi Gordo devido às negociações da arroba do boi realizadas na Praça Rui Barbosa, além da inclusão de outras criações de animais como a ovinocultura. De economia diversificada, o setor de serviços é o predominante na cidade. Araçatuba caracteriza-se também por ser um polo universitário e gastronômico da região noroeste do estado de São Paulo. Seus pratos típicos são o cupim casqueirado e o caldo do artista. Ainda está servida pelo Gasoduto Brasil-Bolívia e a hidrovia Tietê-Paraná. Próxima do rio Rio Tietê que é considerado limpo na região, é a primeira cidade não ribeirinha do estado de São Paulo a captar água diretamente deste rio, desde 2013, quando sua capacidade de oferta de água aumentou em 8%. Ainda está sobre o Aquífero Guarani, a maior reserva de água doce do mundo e é cortada pelo Ribeirão Baguaçú que abastece parte do município. Em Araçatuba, 100% do esgoto é tratado antes de ser lançado nos cursos de água. Sua renda per capita é a segunda maior da região (R$ 1.036,09), ficando atrás de Ilha Solteira (R$ 1.063,04) em 2010. A expectativa de vida ao nascer é de 75,46 anos. Em 2018 seu potencial de consumo, segundo o IPC Maps, realizada pela IPC Marketing Editora, é de R$ 6,277 bilhões. A bandeira foi desenhada por Juvenal Paziam, ela possui listras brancas que representam a paz política e azuis que representam o céu de Araçatuba, ao total nove listras que significam a nona região administrativa do Estado. A primeira e a última listra são sempre brancas. O brasão foi elaborado por Lauro Deodato em 1960. O escudo português possui um fundo prateado que indica nobreza, lealdade e glória. É sustentado por uma rama de algodão a direita e uma rama de café frutificado a esquerda. Uma coroa de três torres mostra a defesa da cidade, logo em cima do escudo. Em baixo existe a inscrição latina Compos Sui. O hino do município foi escrito por Sarah P. Barbosa e a música é de José Raab. Foi oficializado em 1982, pela lei municipal nº 2.415. A história de Araçatuba está ligada intrinsecamente à construção da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil. Esta estrada, que, no início do século XX, fez parte de uma política que visava à interiorização do país e sua ligação com outros países da América do Sul, teve seus trabalhos iniciados no dia 15 de novembro de 1904, com a construção do trecho que ligava Bauru à cidade de Itapura, localizada nas barrancas do Rio Paraná. No dia 2 de dezembro de 1908, os trilhos chegaram até o quilômetro 280, onde foi montado um acampamento. Um vagão deixado nesse local serviu provisoriamente como estação. Deste acampamento, nasceu a atual cidade de Araçatuba. Pela boa qualidade das terras dessa região, muitas famílias de agricultores aí se instalaram. Além das doenças locais, os índios Caingangues, que já habitavam a região, se constituíam em mais um obstáculo à ocupação das terras ainda virgens. Como resultado, os índios foram exterminados. Em julho de 2017, a Praça Rui Barbosa recebeu uma escultura em homenagem aos Caingangues, elaborada pelo artista plástico e fotógrafo Mário Silveira Bueno. No início dos anos 1920, Araçatuba, apesar do bom desenvolvimento, ainda pertencia à comarca de Penápolis. Em 8 de dezembro de 1921, foi promulgada a Lei Estadual nº 1.812, que concretizava o sonho de autonomia daqueles que já habitavam o novo e progressista município. Em 19 de fevereiro de 1922, às 20 horas, em sessão solene, deu-se a instalação da Comarca Municipal e a posse dos primeiros vereadores. O município foi se desenvolvendo e passou por vários ciclos econômicos. O primeiro foi o do café, a seguir o do algodão e, a partir dos anos 1950, veio o da pecuária, que predomina até os dias de hoje, dividindo sua importância, atualmente, com o setor sucroalcooleiro. Nas análises de economistas e de vários empresários, Araçatuba é a região que apresenta o maior potencial para desenvolvimento em todo o estado de São Paulo. Esta perspectiva, reforçada pela presença de inúmeros fatores de desenvolvimento, tais como o Gasoduto Brasil-Bolívia, a Hidrovia Tietê-Paraná, a duplicação da rodovia Marechal Rondon, o Aeroporto de padrão internacional e a Ferrovia Novo Oeste.