Choose the criteria of research through the menu below and click on "Search".

Condomínio Edifício Gaivotas

Conheça um pouco mais sobre , cidade onde o estabelecimento se encontra:
Praia Grande é um município na Região Metropolitana da Baixada Santista, estado de São Paulo, Brasil. A estimativa da população, de acordo com a revisão censitária do IBGE para 2018 era de 319.146 habitantes, sendo a terceira cidade mais populosa do litoral paulista, depois de São Vicente e Santos. Com uma área de 149,253 km², a densidade demográfica é de 1.781 habitantes/km². O município é formado pela sede e pelo distrito de Solemar. A cidade de Praia Grande tem uma das praias mais movimentadas do Brasil, tendo sido eleita pelo Ministério do Turismo como a 4ª cidade que mais recebe turistas no país durante a temporada de verão, depois de São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis. Na alta temporada, recebe cerca de 1,86 milhão de turistas (mais de cinco vezes a sua população fixa, que também vem se expandindo depressa: com crescimento de 56.000 habitantes entre 2000 e 2009, Praia Grande recebeu o título de "a cidade que mais cresce no Brasil"). Até a chegada dos portugueses, no século XVI, as terras do atual município eram habitadas pelos índios tupiniquins. A região foi uma das primeiras colonizadas pelos portugueses no Brasil. Tal colonização se iniciou com a chegada de Martim Afonso em 1532. A primeira vila fundada pelo explorador, enviado pela coroa portuguesa, foi justamente a de São Vicente, de que Praia Grande foi parte até 1967. Depois da emancipação, a cidade acelerou levemente o ritmo de crescimento experimentado desde a década de 1950, ganhando maior qualidade em seus serviços públicos, dada a proximidade do poder municipal com a realidade da população local. Na década de 1980, a cidade ganhou novo impulso para seu crescimento, com a inauguração da Ponte do Mar Pequeno (no trecho final da Rodovia dos Imigrantes), ligando a ilha de São Vicente à cidade, e resolvendo dois problemas de uma só vez: além de desafogar o trânsito na saturada Ponte Pênsil, a cidade ganhava uma ligação direta à capital, sem a necessidade de se passar pelas cidades de Santos e São Vicente, a fim de acessar a Via Anchieta, então a única opção para se chegar à capital. Assim, Praia Grande passou a ser o balneário mais próximo da capital.