Choose the criteria of research through the menu below and click on "Search".

D J Mirinho Som e Eventos

Conheça um pouco mais sobre , cidade onde o estabelecimento se encontra:
São João de Meriti é um município da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. O nome histórico é Cidade de São João do Rio Meriti. Localiza-se a 22º48'14" de latitude sul e 43º22'20" de longitude oeste, a uma altitude de dezenove metros. De acordo com o Censo Demográfico 2010 divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o município possui uma população atual de 458.673 habitantes. Há projeção de uma população estimada para o ano de 2018 de 471.888. Como Duque de Caxias se emancipou de Nova Iguaçu, no ano de 1943, foi pedido a separação e Meriti foi emancipado em 1947 se chamando São João de Meriti. Localiza-se na região da Baixada Fluminense na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Ocupa 34,838 km² de área. Os meritienses identificam-se linguística e culturalmente como cariocas da Baixada e não como fluminenses. As terras que conhecemos hoje como São João de Meriti, cortadas pelos rios Sarapuí, Meriti e Pavuna, conhecidas antes como Freguesia de Meriti, correspondiam, nos séculos XVII e XVIII, a um território composto por fazendas e capelas religiosas. Nessa época, a região era um importante produtor de milho, mandioca, feijão e açúcar. Em 1833, a vila de São João de Meriti passou a integrar a vila de Maxabomba, atual Nova Iguaçu. Em 1947, o município de São João de Meriti foi criado. No inicio do século XX, a cidade passou a receber inúmeros imigrantes portugueses, italianos, judeus, sírios e libaneses. Dentre as famílias mais tradicionais e abastadas da cidade, destacamos as do Comendador Manuel Antônio Sendas, Valadão, Rasuck, Comendador Benedito Amaro, Telles de Menezes e Comendador Agostinho Francisco Paulucci. Alguns personagens tiveram grande destaque no cenário social, empresarial e político. Destacam-se o empresário Arthur Antonio Sendas, um dos maiores no ramo varejista do país, também a baronesa Geuza Alvarenga Amaro, uma das últimas brasileiras a possuir tal titularidade por concessão. Considerada uma cidade-dormitório, Meriti é cortada pela Rodovia Presidente Dutra, que interliga a cidade a outros pontos do estado do Rio de Janeiro. Formada basicamente por zonas residenciais, Meriti possui alguns centros comerciais: o Centro, Vilar dos Teles (antigamente chamada de "Capital do Jeans"), o Shopping Grande Rio, Coelho da Rocha, São Mateus, bem como outros de menor expressão. Recentemente, a cidade tornou-se um importante centro cultural, sendo o lar de IPAHB e SESC. São João de Meriti é a cidade natal do escritor Lasana Lukata e do jogador de voleibol André Nascimento. No cenário televisivo nacional, Meriti é lembrada através do personagem humorístico Paulinho Gogó, fictício morador do bairro da Venda Velha (atual Fonte Carioca), criado pelo ator carioca Mauricio Manfrini, que já residiu na região. Meriti foi também a cidade onde residiu os últimos anos de sua vida o gaúcho João Cândido, o Almirante Negro, líder da Revolta da Chibata, e um dos lutadores mais proeminentes na defesa dos direitos das pessoas negras. Os descendentes de João Cândido vivem até os dias atuais em Meriti. No Bairro de Coelho da Rocha encontra-se um dos mais tradicionais e respeitados centros de cultura das religiões de origem Afro no Brasil, a Casa de Candomblé Ilê Axé Opô Afonjá que em grafia na língua portuguesa, tem como tradução literal: Casa da Força sustentada por Xangô. Esta casa foi fundada em 1896 e hoje é tombada pelo INEPAC – Instituto Estadual do Patrimônio Cultural.