Choose the criteria of research through the menu below and click on "Search".

Supermercado Estrela

Conheça um pouco mais sobre , cidade onde o estabelecimento se encontra:
Taboão da Serra é um município brasileiro do estado de São Paulo, localizado na Zona Sudoeste da Região Metropolitana de São Paulo, em conformidade com a lei estadual nº 1.139, de 16 de junho de 2011 e, consequentemente a isto, com o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo (PDUI). Sem divisas geográficas relevantes com a capital paulista, Taboão da Serra não se distingue dos bairros paulistanos com os quais faz divisa, como Butantã e Campo Limpo, ou seja, é uma cidade conurbada com a capital paulista, um fenômeno cada vez mais comum nas últimas décadas nas cidades da Região Metropolitana de São Paulo. Por muitos anos, a cidade se dividiu entre o perfil de cidade dormitório e de localidade industrial. Até meados da década de 1990, a cidade mantinha o perfil industrial como principal atividade econômica. O seu parque industrial, no entanto, não era suficientemente robusto para absorver toda a mão-de-obra do município, que acabava se deslocando até São Paulo para encontrar emprego. No início dos anos 2000, o caráter econômico passou por mudanças. Com o encarecimento dos custos e os problemas de tráfego, muitas indústrias deixaram a cidade e o município passou a ter características mais comerciais, passando a ocupar em poucos anos o posto de pólo de atração de serviços da região sudoeste da Grande São Paulo. Nessa época, grandes varejistas realizaram investimentos em Taboão da Serra, o que consolidou o perfil terciário da cidade. A vinda de grandes varejistas abriu novas frentes de emprego e oportunidades para os habitantes. Com a chegada dessas empresas, a cidade passou a contar com serviços que não existiam na cidade, como cinemas e supermercado aberto 24 horas. Isso consolidou a cidade como pólo de atração de cidades vizinhas – como Embu das Artes e Itapecerica da Serra – e de bairros paulistanos próximos – como o Butantã, Vila Sônia, Portal do Morumbi, Campo Limpo e Capão Redondo. A história de Taboão da Serra é, de certa forma, antiga, chegando a se confundir com a própria história da cidade de São Paulo, em alguns aspectos. Nos séculos XVI e XVII, a região de Taboão da Serra fez parte da rota dos bandeirantes paulistas que viviam nos arrabaldes do que hoje pertence ao centro de São Paulo. Muitos bandeirantes passavam pelo município em busca de índios para serem escravizados. Ao mesmo tempo, esta região servia de rota tanto para o litoral paulista, quanto como ponto de passagem para a Região Sul do Brasil. Para proteger os índios dos bandeirantes paulistas, alguns jesuítas criaram áreas de proteção para os nativos em terras que pertencem, atualmente, aos municípios de Taboão da Serra e Embu. Na região havia diversas aldeias indígenas que foram destruídas nos fins do século XIX e início do XX pelos europeus nela recém-chegados, tanto para a posse da visando a atividade agrícola, quanto para o surgimento de pequenas vilas, as quais foram formadas no início do século XX. Por volta de 1910, foi criado um vilarejo chamado Vila Poá, às margens dos córregos Poá e Pirajuçara. Em 1953, a região já era um subdistrito de Itapecerica da Serra. A emancipação de Taboão da Serra, e sua consequente elevação à categoria de município, deu-se em 1° de janeiro de 1959, graças aos esforços de (entre outros) Léo Baranowsky, Sebastião da Cunha, Benedito Carneiro de Freitas, Hosuke Hataka, Luzia Hellmeister, Mary Rose Ducase Maciel, José André de Moraes, José Ruiz Moreno e Álvaro Manoel de Oliveira. A criação do município foi ditada e aprovada na Assembléia e promulgada pelo governador de São Paulo à época. Foi reeditada em 18 de fevereiro de 1959 e publicada no diário oficial um dia após.